Modelo de redação sobre combate às drogas

O combate às drogas é um dos temas mais quentes para os certames da PF e PRF! Vamos a mais um modelo maroto para ajudar nos estudos.

Tópicos:

  1. Urbanização e o aumento do consumo de drogas
  1. Impactos das drogas na sociedade
  2. Ações que o Estado deve adotar para combater às drogas com eficiência

Os custos da violência no combate às drogas colocam o Estado em tensão constante devido à insegurança e à sensação de medo, gerando efeitos econômicos e humanos. Assim, são necessários debates mais aprofundados que permitam encontrar soluções eficazes no enfrentamento às drogas.

Primeiramente, é importante salientar que o combate às drogas emerge nos centros urbanos, nos quais há o aceleramento do processo de urbanização e o fenômeno da sociedade de massas. Nessa configuração social, a produção e o consumo de drogas são elevados, devido a um contexto que incentiva o individualismo, a busca do sucesso material e a competividade, havendo o aumento das desigualdades sociais.

Outro ponto a ser destacado é que essa verdadeira “guerra civil” de combate às drogas gera efeitos econômicos e humanos. Atividades econômicas são interrompidas, escolas são fechadas, há custos para o sistema público de saúde devido às vítimas dessas violências, perda de vidas, custo com a manutenção de presídios e propagação do medo e da insegurança na sociedade. Nesse contexto, aparece aquilo que o sociólogo Durkheim denominou de “anomia social”, isto é, desintegração social.

Portanto, são necessárias pelo menos duas ações para mitigar o problema. A primeira ação diz respeito à presença do Estado nas áreas de vulnerabilidade social, para que de fato os direitos sociais (educação de qualidade, moradia, lazer, cultura etc.) previstos na Constituição Federal de 1988 sejam, de fato, materializados. Além disso, é preciso ajustar a Lei de Execução Penal para descriminalizar o usuário de drogas, a exemplo das bem-sucedidas políticas públicas portuguesas de enfretamento às drogas.

Conheça nossos cursos exclusivos de redação!

YouTube: Professor Raphael Reis

Instagram: profraphaelreis

Telegram: profrapha

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *